Nossas obras

ESTAÇÃO MORUMBI DO METRÔ TERÁ INTEGRAÇÃO COM A CPTM

A estação Morumbi-Linha 17 do Metrô de São Paulo vai permitir a integração com a Linha 9–Esmeralda da CPTM. A linha metroviária vai do Aeroporto de Congonhas até a Marginal Pinheiros. A obra começou com 70 profissionais e, no auge, o trabalho vai gerar 350 empregos diretos

Inicio das obras
13/12/2017
%

Andamento das obras – janeiro

Expectativa de término
12/10/2019

Sobre a obra

Execução de obras civis no local: obra bruta, acabamento, comunicação visual, hidráulica e paisagismo da estação Morumbi-Linha 17 do Metrô e integração com a Linha 9 da CPTM; desmontagem, remanejamento, fornecimento e montagem de sistemas de CFTV, sonorização, SSX, rede aérea de tração, iluminação e tomadas na integração com a Linha 9-Esmeralda.

Cliente:   

     

Nossa obra em números

ico_valor

Valor do Contrato
R$ 107.399.999,99
Visualizar contrato

ico_fonte

Fontes de Recurso
Governo do Estado
de São Paulo

ico_grupo

410.000
pessoas beneficiadas

ico_co2

Emissão de CO2
0 toneladas a menos de CO2 na atmosfera em janeiro

ico_agua

Consumo de água
Economizamos 369.000 litros de água em janeiro

ico_recycle

Resíduos
11,5 toneladas de resíduos destinados para cooperativa de reciclagem em janeiro

ico_profissional

Admitimos
13 profissionais
em janeiro

ico_call-center

Ouvidoria
0 chamadas atendidas no mês de janeiro

ico_profissional

Número
de profissionais

ico_acidente

Taxa de frequência de acidentes do trabalho

caution

Taxa de
gravidade

Obra ao vivo

Profissionais da obra

JOSÉ ANTONIO CLARETE ZANOTTI

Gestor da obra

“A Estação Morumbi fará a integração entre a Linha 9-Esmeralda da CPTM com a Linha 17-Ouro do Metrô, linha de monotrilho que ligará o Morumbi ao Jabaquara e ao Aeroporto de Congonhas.

A estação também estará alinhada com o novo momento de mobilidade urbana da cidade de São Paulo, ficará interligada com a ciclovia da Marginal Pinheiros e terá um bicicletário para 110 bicicletas.”

JOEL RODRIGUES DA CONCEIÇÃO

ENCARREGADO COMERCIAL

“Uma das maiores surpresas da minha vida, foi ter conhecido esta empresa. Nos idos de 1990, eu era um metalúrgico desempregado e a empresa se instalou na cidade de Guararema (SP) para começar as obras de construção da Rodovia Carvalho Pinto. Me candidatei a uma vaga, pensando que seria para “passar uma chuva”. Ledo engano. Fiquei como apontador  e me identifiquei muito com a empresa. Trabalhei em várias obras, sempre na área comercial, tendo o prazer de aumentar meu aprendizado e desenvolver bons trabalhos nesta excelente empresa. Nela consegui aprimorar minha carreira profissional e proporcionar uma vida digna à minha família.
Fiquei dois anos e meio fora da empresa e, em janeiro de 2018, tive a satisfação de retornar à minha casa, na obra da Estação Morumbi do Metrô.
Sou muito grato pela oportunidade e pretendo me dedicar muito tempo ainda a Camargo Corrêa Infra.”

Localização

Outras obras da camargo corrêa infra